terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Chocolate orgânico equatoriano é considerado o melhor do mundo

Fonte: ORGANICS NET

11/12/2017


Loja da Pacari em Quito, no Equador. Imagem: Reprodução/Site Oficial

Santiago Peralta, 45, fundou em 2002 a empresa Pacari (natureza em quéchua), produtora de cacau orgânico e biodinâmico. Mais de 3.000 famílias de agricultores – em sua maioria, equatorianas, embora suas redes também abarquem plantações no Peru e na Colômbia – fornecem o fruto que a empresa transforma em chocolate. A fábrica,

Startup lança aplicativo para venda de orgânicos em SP

Fonte: Organics Net
07/12/2017


No aplicativo é possível comprar um kit padrão com diversos alimentos orgânicos por R$ 53,10 (Imagem: Reprodução/Plural)

Lançado recentemente, o Plural Bio, disponível para IOS e Android, é o primeiro aplicativo de São Paulo para compras de produtos orgânicos certificados diretamente dos produtores. No aplicativo é possível comprar frutas, verduras, queijos, azeites, grãos, chás e cafés, além de pratos congelados sem glúten ou lactose. A plataforma também pretende ser referência em vida saudável, produzindo artigos com especialistas sobre saúde, bem estar e desenvolvimento sustentável.

Há um planejamento para que a startup chegue ao setor de cosméticos, produtos de limpeza orgânicos e bioorgânicos em breve. Um verdadeiro market place de produtos livres de agrotóxicos, cujo processo de produção respeita a saúde e o meio ambiente. “Estamos aumentando o leque de parcerias com produtores orgânicos. A ideia é facilitar o acesso às pessoas, incentivar produtores locais e contribuir efetivamente com um planeta mais sustentável”, é o que afirma André Pereira, um dos sócios da startup.

“Nós aceitamos somente produtores credenciados no Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos”, afirma Thiago Libanore, Diretor de Marketing da Viva Vida, holding detentora da marca. O grupo também possui uma fazenda própria, onde se pratica a agricultura orgânica. “A ideia não é competir com outros produtores. Queremos fomentar o mercado e oferecer a maior variedade possível de produtos, serviços e informações do segmento”, completa.

A Plural Bio, além de fazer a venda sem intermediários, garante a logística e evita o desperdício, uma vez que o produto só é retirado da horta quando a compra é efetivada. Inicialmente, as entregas são feitas apenas em São Paulo, Alphaville e redondezas, mas já existe um plano de expansão para outras capitais do Brasil.

Sobre a Certificação Orgânica:

Na Legislação Brasileira de 2007, a certificadora, credenciada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), assegura a procedência orgânica de determinado produto, processo ou serviço que obedece os princípios de: sustentabilidade das propriedades agrícolas, benefícios sociais aos agricultores e menor dependência de energias não renováveis na produção.

Serviço:
http://www.pluralbio.com.br
Telefone: (11) 3842- 1825
Email: suporte@pluralbio.com.br
Fonte: A Tarde – Uol

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Transgênicos estão com os dias contados, diz professor da Unicamp

Fonte: SUL 21
dezembro 2, 2017



Detentores da tecnologias transgênicas enfrentam resistência popular em muitos países, como o Canadá. A Monsanto, dos Estados Unidos, que também fabrica agrotóxicos, está sendo comprada pela alemã Bayer | Foto: Marcha contra a Monsanto Canadá

Cida Oliveira
Da RBA

Para o professor e ex-diretor do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Mohamed Ezz El-Din Mostafa Habib, o setor de biotecnologia – que basicamente projeta e desenvolve organismos geneticamente modificados, os transgênicos – está em decadência,

Ministros do Ambiente de todo o mundo reunidos para combater a poluição

Fonte: TVI 24 iol
2017-12-04

O encontro, chamado UNEA3, que começou esta segunda-feira de manhã na capital do Quénia, pretende encontrar soluções para o impacto que a contaminação do ambiente tem na vida humana

Poluição em Nova Deli
Poluição em Nova Deli. Reuters
Mais de 100 ministros do Ambiente de todo o mundo estão reunidos em Nairobi, no âmbito da terceira Assembleia das Nações Unidas para esta área, tentando alcançar uma declaração para combater a poluição.

O encontro, chamado UNEA3, que começou esta segunda-feira de manhã na capital do Quénia, pretende encontrar soluções para o impacto que a contaminação do ambiente tem na vida humana já que

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Tem certeza que é canela?

Por Nadia Cozzi
04/12/17

Hummmm cheirinho de canela! Cheirinho de mãe, de avó, de mingau, de arroz doce, de quitutes caseiros. Quem nunca tomou um leite quente com açúcar queimado e polvilhado com canela quando a gripe e a dor de garganta chegam? Não sei se é o leite ou o amor de quem prepara, mas que cura rapidinho, cura!

Mas, como tudo hoje em dia, o que temos à venda por aí não é canela, tem cara de canela, cheirinho de canela, mas não é canela.

Você sabe diferenciar canela verdadeira da falsa?

Elas são muito parecidas, tem o mesmo aroma, mas propriedades distintas. Vamos conhecer para não sermos mais enganados?


Canela verdadeira: CANELA DO CEILÃO

Canela falsa: CÁSSIA OU CANELA DA CHINA
Nomes: Cinnamomum zeylanicum,  Cinnamomum verum
 Nomes: Cinnamomum cassia, Cinnamomum aromaticum, Burmannii Cinnamomum, Aromaticum Cinnamomum, Cinnamomum burmannii .
Origem: Sri Lanka, Índia, Madagascar, Brasil
Origem: China, Indonésia, Japão, Coréia, Vietnam
Mais cara e difícil de ser encontrada
Mais barata e encontra em qualquer lugar
Mais fácil de triturar, cortar em pedaços
Mais dura
Mais clara e suave, com um toque picante
Mais escura e sabor forte
Aparência:



Aparência:



Mas a diferença principal entre elas é a quantidade de Cumarinas
As Cumarinas são

França quer 50% de alimentos orgânicos nas cantinas escolares

Fonte: rfi - as vozes do mundo
03-12-2017 


Governo quer incentivar produtores de orgânicos para valorizar o setor.MYCHELE DANIAU / AFP

Até 2022, 50% dos alimentos servidos nas cantinas escolares da França devem ser orgânicos e produzidos nas proximidades, garantiu neste domingo (3) o ministro da Agricultura do país, Stéphane Travert. A medida faz parte de um amplo plano de política alimentar, que deve virar lei até

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Numa calçada do Poço, carro estaciona para vender orgânicos

Fonte PORAQUI

Por Marina Suassuna em Casa Forte | Poço da Panela | 17 de novembro de 2017

Foto: Marina Suassuna/PorAqui

Toda terça-feira de manhã, quem passa pela Rua dos Arcos, no Poço da Panela, Zona Norte do Recife, se depara com uma cena corriqueira:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feiras Orgânicas